blog de
D. Betrand
de Orleans e Bragança
Publicações
Busca
Receba um aviso a cada nova publicação.

Perfil
D. Bertrand de Orleans e Bragança

O Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança é trineto de Dom Pedro II e bisneto da Princesa Isabel, a Redentora.
É advogado formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da USP. Coordenador e porta-voz do movimento   Paz no Campo, percorre o Brasil fazendo conferências para produtores rurais e empresários, em defesa da propriedade privada e da livre iniciativa. Alerta para os efeitos deletérios da Reforma Agrária e dos movimentos ditos sociais, que querem afastar o Brasil dos rumos benditos da Civilização Cristã, que seus antepassados tanto ajudaram a construir no País, hoje assolado por uma revolução cultural de carater socialista.

D. Bertrand responde no YouTube.
  1. Sobre Paz no Campo
  2. Sobre o MST
  3. Sobre os Quilombolas
  4. Sobre raça negra e escravatura
  5. Sobre o MST e o poder
  6. Sobre invasões do MST
  7. Sobre Reforma Agrária

Igreja ecológica amazônica dispensa a Redenção

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Esse Sínodo visaria a “conversão pastoral e ecológica” para uma nova interpretação da religião católica que acaba dando no contrário do Antigo e do Novo Testamento.


❖ QUINTA-FEIRA, 16 DE AGOSTO DE 2018POSTAGEM:1411

Igreja ecológica amazônica dispensa a Redenção. Os únicos pecados são a catequização e a civilização

Posted: 12 Aug 2018 01:30 AM PDT

Pajé em transe místico (esquerda), jornalista recebe unção do pagé (direita).
Modelo da 'conversão ecológica' ensinada pela 'igreja panamazônica'

Luis Dufaur

Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs








Continuação do post anterior: Igreja ecológica panamazônica enxota Jesus Cristo e endeusa o pajé


Como comentamos em anterior post, a jornalista holandesa Jeanne Smits, embora muito conhecedora dos mais obscuros meandros do progressismo e do ambientalismo radical, ficou pasma vendo as propostas avançadas no Documento Preparatório do Sínodo dos Bispos para a Assembleia Especial para a Pan-Amazônia [outubro de 2019].

Esse Sínodo visaria a “conversão pastoral e ecológica” para uma nova interpretação da religião católica que acaba dando no contrário do Antigo e do Novo Testamento.

Prosseguindo na análise das observações da jornalista, verificamos que Jeanne sublinha a total ausência da noção da Salvação, básica no cristianismo, até em suas versões mais deturpadas.

Não há pecado, exceto as desigualdades entre os homens, o capitalismo, a propriedade privada, o agronegócio, a alteridade dos seres, a família monogâmica, o sacerdócio hierárquico, a lei moral objetiva, etc., etc.

Na utopia da 'igreja pan-amazônica' esses ‘pecados’ seriam banidos.

O raciocínio é simplista: se na vida ecológca-tribal não há pecado, não há necessidade de Redenção nem de Salvação.

Se não precisa de Salvação, para que serve o Sacrifício do Calvário do Divino Redentor?

Exemplo de evangelização tradicional repudiada pelo projeto de Sínodo pan-amazônico: missionários capuchinhos na Amazônia, Roraima

Exemplo de evangelização tradicional repudiada
pelo projeto de Sínodo pan-amazônico:
missionários capuchinhos na Amazônia, Roraima

A verdadeira salvação – descobre a jornalista holandesa no Documento do Vaticano – consistiria na “conscientização da realidade segundo as percepções pagãs pré-cristãs, fortemente impregnadas de práticas espíritas e, portanto, diabólicas, típicas dos pajés, mestres, wayanga ou xamãs que pretendem comandar a natureza invocando forças sobrenaturais”.


Jeanne conta que seu pai ouviu de um missionário holandês em terras remotas o relato da incessante hostilização por parte de um bruxo local – equivalente ao“pajé, curandeiro, mestre, wayanga ou xamã” louvado pelo Documento Preparatório.

Aquele bruxo exibia poderes surpreendentes: trocava de local de maneira incompreensível; o missionário se afastava, navegando pelo rio, e o reencontrava no local de chegada.

E sempre o bruxo insultando-o copiosamente no dialeto da região de Brabante, Países Baixos, onde o sacerdote nasceu!

O religioso não tinha dúvida alguma: os poderes do bruxo estavam ligados ao demônio. O anjo das trevas percebia o que perderia caso os indígenas se convertessem.

Eis para onde parece rumar a 'nova evangelização' sonhada pela Igreja pan-amazônica!

Mas as preocupações dos articuladores do Sínodo de 2019 se voltam com obsessivo realejo contra a ordem civilizada, próspera e dinâmica. Esta é descrita de modo tendencioso, como se só possuísse defeitos, sem mencionar que os mesmos são corrigíveis:

“Na selva amazônica (...) desencadeou-se uma profunda crise, devido a uma prolongada intervenção humana na qual predomina a ‘cultura do descarte’ (Laudato Si’,16) e a mentalidade extrativista.

Pajés e bruxos diversos são membros naturais da casta sacerdotal da

Pajés e bruxos diversos são membros naturais
da casta sacerdotal da 'igreja panamazônica'.

“A Amazônia, uma região com rica biodiversidade, é multiétnica, pluricultural e plurirreligiosa, um espelho de toda a humanidade que, em defesa da vida, exige mudanças estruturais e pessoais de todos os seres humanos, dos Estados e da Igreja.” (nº2, id. ibid)


Dessa diatribe Jeanne extrai a consequência lógica não só para a região, mas para o mundo inteiro:

Vai ser necessário mudar o mundo inteiro, e até a Igreja de Cristo; e em grande escala, porque o texto não esconde que a Amazônia é um modelo exemplar, e que aquilo que é bom para ela vai ser bom para o planeta”, escreve.


Em poucas palavras, todos nós deveremos ser empurrados para uma vida tribal ecologista-tribalista marcada pela infelicidade, a dor e a carência. E nossa vida civilizada deverá ser extinta.

A jornalista escolhe um exemplo do Documento Preparatório entre muitos outros, repetitivos por sinal:

“Como podemos colaborar na construção de um mundo capaz de romper com as estruturas que sacrificam a vida e com as mentalidades de colonização para construir redes de solidariedade e interculturalidade?” (nº 4, id. ibid).


Sim, trata-se de “romper com as estruturas” hodiernas, com nossa vida quotidiana, com nosso bem-estar, com nosso progresso, com nossa cultura, para afundar na utopia de uma selva virgem e benfeitora, na verdade inóspita e cheia de males latentes e reais.

Foto: freiras salesianas com crianças Bororo, Mato Grosso. Museu do Índio, Funai.

As missões tradicionais, além da catequizar, 

alfabetizavam crianças e adultos, os fixavam em suas terras
abandonando a degradante vagabundagem sem rumo.

Formavam também nos valores pátrios, ensinavam ofícios manuais,
a pecuária e a agricultura que ignoravam totalmente.

Introduziam cuidados corporais básicos, o uso de vestimentas dignificantes
e a higiene com melhora da saúde e nível de vida. Civilizavam...

Tudo isso agora é rejeitado com horror pela ‘igreja pan-amazônica’.

A mencionada “interculturalidade” só exclui uma cultura: a brasileira e cristã, e só admite – explica a autora – a “admiração sem limites da visão da natureza segundo os índios da Amazônia”.

O documento não fornece nenhuma explicação do que é que é essa “visão da natureza segundo os índios da Amazônia”, embora diz que são muitas etnias e 'culturas'.

A omissão e as alusões idílicas insinuadas da vida indígena -- em verdade de um sofrimento sem limites -- não provém dos índios, mas de utopistas radicais no estilo de Jean-Jacques Rousseau que conduzem o mundo a um desastre maior que o precipitado pelo utopista suíço.

Se essa meta for atingida, o Brasil e as nações limítrofes desaparecerão do concerto das nações civilizadas. E o que será então de cada um de nós, civilizados e cristãos?

Fonte: Blog Verde nova cor do comunismo



Futuro da Colômbia com o Presidente Duque

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

A Colômbia se manifestou nas urnas contra essas propostas populistas de esquerda, e ao mesmo tempo elegeu o principal adversário do atual presidente Juan Manuel Santos. Ivan Duque teve pouco mais de 10 milhões de votos, contra 8 milhões de Gustavo Petro.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2018POSTAGEM:1410


Igreja ecológica panamazônica enxota Jesus Cristo e endeusa o pajé

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

A jornalista holandesa Jeanne Smits ficou estarrecida quando tomou conhecimento do documento preparatório do Sínodo especial sobre a Amazônia.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2018POSTAGEM:1409


Agricultura lidera a preservação ambiental

terça-feira, 31 de julho de 2018

O mundo rural brasileiro utiliza, em média, apenas a metade da superfície de seus imóveis (50,1%). A área dedicada à preservação da vegetação nativa nos imóveis rurais – registrados e mapeados no Cadastro Ambiental Rural (CAR) – representa um quarto do território nacional (25,6%).


❖ TERÇA-FEIRA, 31 DE JULHO DE 2018POSTAGEM:1408


As fábricas indígenas

segunda-feira, 30 de julho de 2018

A Polícia Federal do Paraná anunciou que estaria realizando uma investigação nas chamadas "fábricas indígenas", ou seja, nas operações que visam a vinda de índios de outros países para o Brasil, que conseguem certidão de nascimento brasileira e usufruem dos direitos reservados à comunidade indígena do país.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 30 DE JULHO DE 2018POSTAGEM:1407


A Mudança de Paradigma do Papa Francisco

sábado, 28 de julho de 2018

”A MUDANÇA DE PARADIGMA DO PAPA FRANCISCO: Continuidade ou ruptura na missão da Igreja?“


❖ SÁBADO, 28 DE JULHO DE 2018POSTAGEM:1406


O Javaporco e a política

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Voraz, o Javaporco não come o que destrói. Em plantações os pés de milho são cortados rente ao chão e as espigas levemente roídas, muitas intocadas, são perdidas. A destruição chega a 4, 5 hectares em apenas uma noite.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 9 DE JULHO DE 2018POSTAGEM:1405


Projeto de governo global “verde” anticristão

segunda-feira, 2 de julho de 2018

O ecologismo em seu nascedouro se manifestou como uma nova religiosidade que eleva a natureza à categoria de divindade de tipo panteísta.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JULHO DE 2018POSTAGEM:1404


A máfia das demarcações de terras!

sábado, 16 de junho de 2018

Outra “máfia” foi revelada pela CPI da Funai/Incra, concluída em 2017, que descobriu como funciona o esquema por trás da reforma agrária, que é um grande e lucrativo negócio político e econômico.


❖ SÁBADO, 16 DE JUNHO DE 2018POSTAGEM:1403


Transposição do São Francisco tira 1 milhão do colapso

segunda-feira, 11 de junho de 2018

O bispo da cidade de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, trabalhou empenhadamente para que essa transposição do Rio São Francisco não acontecesse.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 11 DE JUNHO DE 2018POSTAGEM:1402


Conferência Guerra Justa

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Conferência “Guerra Justa: Do Império Romano ao Estado Islâmico” – 28/05/2018


❖ QUINTA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2018POSTAGEM:1401


Convite Ideologia de Gênero

quarta-feira, 4 de abril de 2018

A investida Internacional, cultural e sexual continua propagando a absurda Ideologia de Gênero.


❖ QUARTA-FEIRA, 4 DE ABRIL DE 2018POSTAGEM:1400


Prefeito de Guaíra desmente a FUNAI através de fotos via satélite

sexta-feira, 23 de março de 2018

Heraldo Trento Prefeito de Guaíra, usou a tecnologia Google Earth para provar que esses “índios” (na realidade, paraguaios manipulados) começaram a aportar na região muito recentemente.


❖ SEXTA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2018POSTAGEM:1399


Confirmação do Código Florestal

sábado, 3 de março de 2018

Confirmação do Código Florestal.Num Estado Democrático de Direito, basta a aprovação do Legislativo, com a sanção do Executivo, para que uma lei tenha plena vigência.


❖ SÁBADO, 3 DE MARÇO DE 2018POSTAGEM:1398


Agropecuária: Uma vitória apertada por 6 x 5 !

sexta-feira, 2 de março de 2018

Código Florestal: Supremo decide a favor dos agricultores


❖ SEXTA-FEIRA, 2 DE MARÇO DE 2018POSTAGEM:1397


O STF e a extinção dos pequenos agricultores

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Se os artigos 59 e 67 do Código Florestal forem declarados ilegais será um desastre


❖ SEGUNDA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1396


Irresponsabilidade com o campo

domingo, 25 de fevereiro de 2018

O Código Florestal afeta o desenvolvimento econômico, ambiental e social do País


❖ DOMINGO, 25 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1395


Cuidado, perigo! Petismo sem PT!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Estaremos nós diante de um “petismo sem PT”?


❖ QUARTA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1394


Verdes pedem radicalizar Código Florestal

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Código Florestal: Quatro ações diretas de inconstitucionalidade, visando prejudicar ainda mais os proprietários.


❖ TERÇA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1393


O STF e o Código Florestal

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Começou bem o julgamento das contestações ao Código Florestal no Supremo Tribunal Federal (STF)


❖ SÁBADO, 17 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1392


Paraná na Agenda Indígena

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Paraná na Agenda Indígena- Vítimas: Guaíra e Terra Roxa


❖ DOMINGO, 11 DE FEVEREIRO DE 2018POSTAGEM:1391


Temperatura globais exageradas

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

a tendência ao aquecimento global nos oito quilômetros da atmosfera contados a partir da superfície terrestre (quase cinco milhas) foi de 0,096º C (0,17° Fahrenheit) por década entre janeiro de 1979 e junho 2017.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 29 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1390


Sinal amarelo

sábado, 20 de janeiro de 2018

O agro[negócio] vai muito bem, mas sob olhar estreito, porque o produtor tem tido a renda cada vez mais corroída. Há um sinal amarelo.


❖ SÁBADO, 20 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1389


Boff: Sérgio Moro é pau-mandado

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O Brasil assite atônito à inusitada tentativa de acovardar o Judiciário. Fervilham as redes sociais. Os morubixabas e corifeus da esquerda berram a todos os ventos enodoando os juízes. O manifesto “Eleição sem Lula é fraude” é disso claro exemplo.


❖ QUARTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1385


Mini período glacial previsto produz efeitos

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

A mini era glacial anunciada já produz efeitos palpáveis. Ela não pode ser objeto de exageros nem, ainda menos, de pânicos como os ativistas comuno-ecologistas montam artificiosa e deslealmente para justificar medidas de cunho ditatorial.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 15 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1384


Lei autoriza União bloquear bens sem ordem judicial

sábado, 13 de janeiro de 2018

Lei Federal publicada nessa quarta-feira possibilita ao poder executivo, por intermédio da Procuradora Geral da Fazenda Nacional, determinar o bloqueio de propriedades sem a necessária decisão judicial.


❖ SÁBADO, 13 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1383


É preciso resgatar a Embrapa

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

A Embrapa precisa ser resgatada das armadilhas do lulopetismo para, novamente, estar à altura dos desafiadores anos que estão por vir.


❖ SEXTA-FEIRA, 12 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1382


Brasil, país poupador de terras

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Devastação de matas e agricultura predatória são temas frequentes sobre preservação ambiental, num falatório mal informado, muitas vezes desonesto.


❖ TERÇA-FEIRA, 9 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1381


Perseguição do Ministério Público

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Produtor rural desiste de atividade por perseguição do Ministério Público e decidiu arrancar 450 mil pés de café plantados no sul da Bahia.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1379


Aquecimento global!!!???

domingo, 7 de janeiro de 2018

No final do século passado, muitos "profetas" anunciaram que em razão do aquecimento global causado pelo homem, as futuras gerações perderiam até a noção do que seria NEVE!!!


❖ DOMINGO, 7 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1378