blog de
D. Bertrand
de Orleans e Bragança
Publicações
Busca
Receba um aviso a cada nova publicação.

Perfil
D. Bertrand de Orleans e Bragança

O Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança é trineto de Dom Pedro II e bisneto da Princesa Isabel, a Redentora.
É advogado formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da USP. Coordenador e porta-voz do movimento   Paz no Campo, percorre o Brasil fazendo conferências para produtores rurais e empresários, em defesa da propriedade privada e da livre iniciativa. Alerta para os efeitos deletérios da Reforma Agrária e dos movimentos ditos sociais, que querem afastar o Brasil dos rumos benditos da Civilização Cristã, que seus antepassados tanto ajudaram a construir no País, hoje assolado por uma revolução cultural de carater socialista.

D. Bertrand responde no YouTube.
  1. Sobre Paz no Campo
  2. Sobre o MST
  3. Sobre os Quilombolas
  4. Sobre raça negra e escravatura
  5. Sobre o MST e o poder
  6. Sobre invasões do MST
  7. Sobre Reforma Agrária

MST: atuação ilegal e doutrinação de crianças

sábado, 16 de fevereiro de 2019

A imprensa informa que Luiz Antonio Nabhan Garcia [foto abaixo], Secretário Especial de Assuntos Fundiários do governo Bolsonaro, pretende fechar escolas dirigidas pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra) por evidente doutrinação ideológica feita nos locais.


❖ SÁBADO, 16 DE FEVEREIRO DE 2019POSTAGEM:1444

MST: atuação ilegal e doutrinação de crianças


Unidade nacional ameaçada

A imprensa informa que Luiz Antonio Nabhan Garcia [foto abaixo], Secretário Especial de Assuntos Fundiários do governo Bolsonaro, pretende fechar escolas dirigidas pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra) por evidente doutrinação ideológica feita nos locais.

Para Garcia, “não dá para o Brasil admitir em pleno século XXI fabriquinhas de ditadores. Não dá para admitir escolas de marxistas, de leninistas, de bolivarianos, que ensinam crianças a invadir e cometer crimes. Vamos fechar as escolas e punir os responsáveis pela doutrinação. Aliás, isso tem de ser qualificado como crime. Crime de lesa-pátria”.

Ele acrescentou que “o MST é uma organização ilegal, não poderia estar promovendo educação. É uma organização que não respeita a lei, não respeita o estado democrático de direito e não respeita o direito à propriedade. Uma organização que pratica o crime das invasões, de vandalismo, de ameaça, de cárcere privado. Uma organização que tem algumas lideranças envolvidas em crime de desvio de verba pública. Como que, diante de tudo isso, essa gente pode criar escola? Eles não estão qualificados para criar escola nenhuma. Usam de associações, de subterfúgios, para ensinar princípios de ditaduras tiranas, como são os casos de Cuba, Venezuela, Nicarágua”.1

Ressalte-se que o MST não possui CNPJ nem registro em nenhum cartório do País, nem mesmo qualquer documento que o legitime. Causa perplexidade o fato de que, nos governos do PT, o MST tenha sido favorecido por abundantes recursos públicos, enquanto as crianças — vulneráveis — eram doutrinadas ideologicamente no comunismo.

Em maio de 2000, o Conselho Nacional da Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade (TFP), fundada e presidida pelo Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, em manifesto à Nação, intitulado “Em defesa da unidade nacional ameaçada pelo MST”, já advertia sobre os efeitos nocivos desse movimento marxista.

“O MST começou timidamente sua trajetória, no início dos anos 80, sob patrocínio da ala dita ‘progressista’ do clero. E, até hoje, ‘padres e Bispos dão uma ajuda inestimável às mobilizações dos sem-terra’”.(“O Estado de S. Paulo”, 10-5-00). “A organização goza também do apoio de políticos de esquerda e é fortemente bafejada por certa mídia”, alertava o Manifesto da TFP.

“A TFP, sociedade civil formada por leigos católicos praticantes, lamenta profundamente a parte que nisso tudo teve e tem a Comissão Pastoral da Terra, braço da CNBB que favorece a revolução no campo. A ponto de D. Tomás Balduíno, presidente da CPT, ter declarado que as invasões de terra são ‘uma maneira sadia de se modificar a estrutura fundiária nacional’” (“O Globo”, 9-5-00)”, prosseguia o Manifesto.2

Durante décadas, o MST, um movimento declaradamente subversivo, foi financiado por volumosas verbas. A ponto de criar e manter escolas para perversão intelectual de vulneráveis. Milhares de crianças foram assim doutrinadas no marxismo, na subversão da ordem legal, com pregação de invasão de propriedades etc.

Assim, é com alento e satisfação que os brasileiros tomaram conhecimento da iniciativa benemérita do Secretário Especial de Assuntos Fundiários do governo Bolsonaro, Luiz Antonio Nabhan Garcia, que pretende, em defesa dos milhares de vulneráveis crianças, fechar as ilegais escolas dirigidas pelo MST.

Notas:

https://veja.abril.com.br/brasil/nao-consigo-dormir-sem-uma-arma-diz-secretario-de-assuntos-fundiarios/

http://catolicismo.com.br/materia/materia.cfm/idmat/FC917DD7-AF62-DBCB-F5BBF39577D2643B/mes/Junho2000




O Sínodo sobre a Amazônia e a soberania nacional

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Acabou acontecendo. Sendo o Brasil um Estado que se declara laico, está agora envolvo num turbilhão internacional de fundo religioso que poderá custar sua soberania sobre a Amazônia.


❖ QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019POSTAGEM:1443


Legislação trabalhista no campo é inadequada

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Legislação trabalhista no campo é inadequada


❖ QUINTA-FEIRA, 31 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1442


Bolsonaro em Davos

domingo, 27 de janeiro de 2019

Bolsonaro em Davos


❖ DOMINGO, 27 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1441


Ministro do Meio Ambiente critica multa milionária a índios

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Ministro do Meio Ambiente critica multa milionária a índios que plantam transgênicos


❖ QUINTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1440


Farms here, forest there

domingo, 20 de janeiro de 2019

Farms here, forest there


❖ DOMINGO, 20 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1439


Entrevista no Canal do Boi

sábado, 19 de janeiro de 2019

Zebu Para o Mundo


❖ SÁBADO, 19 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1438


Discurso do chanceler, reação das esquerdas e missão do Brasil

sábado, 12 de janeiro de 2019

O discurso de posse do chanceler Ernesto Araújo ecoou pela mídia nacional e internacional e estabeleceu um marco divisório entre a ruptura dos 13 anos petistas com a tradição brasileira e a nova fase que se inicia.


❖ SÁBADO, 12 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1437


43 - Meio Ambiente - Evaristo de Miranda (Embrapa)

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Assista a "43 - Meio Ambiente - Evaristo de Miranda (Embrapa)" no YouTube


❖ SEXTA-FEIRA, 11 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1435


General Heleno - índios não precisam de tratamento diferenciado

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

General Heleno diz que índios não precisam de tratamento diferenciado


❖ QUINTA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1434


Reforma agrária e demarcações serão revistas

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Reforma agrária e demarcações serão revistas


❖ TERÇA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1433


Estado criminoso desarmando o cidadão

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

O Estado foi criminoso quando desarmou o cidadão sem condições de desarmar o bandido


❖ SEGUNDA-FEIRA, 7 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1432


PT seita comunista

sábado, 5 de janeiro de 2019

Entrevista do programa Zebu Para o Mundo realizada em 25/12/2018


❖ SÁBADO, 5 DE JANEIRO DE 2019POSTAGEM:1431


Importância do marco temporal

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

O magistrado se baseou no critério do "marco temporal", que só reconhece o direito indígena de terras onde as comunidades tradicionais estavam presentes no ano de 1988.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 24 DE DEZEMBRO DE 2018POSTAGEM:1430


Prof. Molion: o aquecimento global e as falcatruas em torno dele

sábado, 15 de dezembro de 2018

Prof. Molion: o aquecimento global e as falcatruas em torno dele


❖ SÁBADO, 15 DE DEZEMBRO DE 2018POSTAGEM:1429


O presidente e a Amazônia

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Desafio é fazer cumprir o Código Florestal e garantir a gestão das áreas já atribuídas


❖ QUARTA-FEIRA, 7 DE NOVEMBRO DE 2018POSTAGEM:1428


Bolsonaro venceu em dioceses governadas por bispos amigos do PT

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Bolsonaro venceu com folga em dioceses governadas por bispos próximos do PT ou que se engajaram na campanha de Haddad


❖ SEGUNDA-FEIRA, 5 DE NOVEMBRO DE 2018POSTAGEM:1427


Telegrama do IPCO ao Presidente eleito Jair Bolsonaro

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Telegrama do IPCO ao Presidente eleito Jair Bolsonaro


❖ QUARTA-FEIRA, 31 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1426


Comunicado do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Comunicado do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.


❖ TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1425


Demarcação de área indígena no Paraná

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Documento identifica 24 mil hectares de terras em Altônia, Guaíra e Terra Roxa para criação de reserva indígena, mas que são ocupadas há anos por produtores rurais


❖ QUARTA-FEIRA, 17 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1424


A Agricultura paulista nas mãos da Justiça

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Os agricultores paulistas dedicam à preservação da vegetação nativa mais de 4,1 milhões de hectares.


❖ TERÇA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1423


Ditadura do PT

sábado, 13 de outubro de 2018

O PT quer vencer a eleição e por fim à democracia, criar comitês externos ao Judiciário e censurar os meios de comunicação


❖ SÁBADO, 13 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1422


Zé Dirceu: ? Nós vamos tomar o poder!

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

É questão de tempo pra gente tomar o poder. Aí nós vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição


❖ SEGUNDA-FEIRA, 8 DE OUTUBRO DE 2018POSTAGEM:1420


Antropólogo denuncia FUNAI: “é um órgão aparelhado para fazer do índio uma massa de manobra”

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Antropólogo denuncia FUNAI: “é um órgão aparelhado para fazer do índio uma massa de manobra”


❖ TERÇA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1419


Cercear as liberdades para “salvar o clima”?

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Na ótica ambientalista, o que seria necessário para “salvar o planeta”? As respostas vão da banalidade demagógica ao disparate extremado.


❖ QUARTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1418


Cultivar é preciso

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Os satélites meteorológicos revolucionaram o conhecimento do clima e a previsão do tempo. Essa evolução não para.


❖ TERÇA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1417


Polícia Federal investiga ‘fábrica’ de índios na Funai

domingo, 16 de setembro de 2018

Na investigação iniciada no Paraná, a Polícia Federal já identificou mais de uma centena de irregularidades e fraudes para a emissão e obtenção de documentos, além de revelar um possível envolvimento de servidores da Fundação Nacional do índio (Funai) para facilitar o acesso dos documentos de nacionalidade brasileira aos paraguaios.


❖ DOMINGO, 16 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1416


Liturgia esotérica

terça-feira, 4 de setembro de 2018

A nova liturgia amazônica inculturada adotará costumes tirados da bruxaria local


❖ TERÇA-FEIRA, 4 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1415


Os únicos pecados são a catequização e a civilização 2

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Documento preparatório do Sínodo especial sobre a Amazônia 2


❖ SEGUNDA-FEIRA, 3 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1414


Indios de Dourados ampliam invasões com apoio da Funai e Sesai

sábado, 1 de setembro de 2018

Com apoio da Funai e da Sesai, índios ampliam invasões


❖ SÁBADO, 1 DE SETEMBRO DE 2018POSTAGEM:1413