blog de
D. Betrand
de Orleans e Bragança
Publicações
Busca
Receba um aviso a cada nova publicação.

Perfil
D. Bertrand de Orleans e Bragança

O Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança é trineto de Dom Pedro II e bisneto da Princesa Isabel, a Redentora.
É advogado formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da USP. Coordenador e porta-voz do movimento   Paz no Campo, percorre o Brasil fazendo conferências para produtores rurais e empresários, em defesa da propriedade privada e da livre iniciativa. Alerta para os efeitos deletérios da Reforma Agrária e dos movimentos ditos sociais, que querem afastar o Brasil dos rumos benditos da Civilização Cristã, que seus antepassados tanto ajudaram a construir no País, hoje assolado por uma revolução cultural de carater socialista.

D. Bertrand responde no YouTube.
  1. Sobre Paz no Campo
  2. Sobre o MST
  3. Sobre os Quilombolas
  4. Sobre raça negra e escravatura
  5. Sobre o MST e o poder
  6. Sobre invasões do MST
  7. Sobre Reforma Agrária

Boff: Sérgio Moro é pau-mandado

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

O Brasil assite atônito à inusitada tentativa de acovardar o Judiciário. Fervilham as redes sociais. Os morubixabas e corifeus da esquerda berram a todos os ventos enodoando os juízes. O manifesto “Eleição sem Lula é fraude” é disso claro exemplo.


❖ QUARTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1385

Boff: Sérgio Moro é pau-mandado

Péricles Capanema

O Brasil assiste atônito à inusitada tentativa de acovardar o Judiciário. Fervilham as redes sociais. Os morubixabas e corifeus da esquerda berram a todos os ventos enodoando os juízes. O manifesto “Eleição sem Lula é fraude” é disso claro exemplo.

Dou outros exemplos. Tuíte do ex-frei Leonardo Boff:“Não há nenhuma escritura que mostra Lula ser dono do tríplex de Guarujá. Nunca morou lá. Nunca dormiu lá. É condenado por ilações. Moro peca contra a virtudeprincipal de todo juiz: a imparcialidade. Ele só persegue e quer acabar com ele. As ordens vem de cima. Ele é pau mandado”.

O velho demagogo começa assim o ataque boçal: “Não há nenhuma escritura”. Bem, escritura sem registro não garante a propriedade perante terceiros. A propriedade se prova pela matrícula (registro). Boff tem o vezo de escrever taxativamente do que não entende e sempre em mau português. Aqui repete o costume. Põe de lado um expediente antigo de malandros brasileiros: o laranja. Umas das possibilidades, o tríplex da propina (é o que dizem o chefe da OAS e outros) poderia até ficar em mãos de laranjas, nunca seria formalmente de Lula, mas o processo foi truncado.

Desce mais: “Nunca morou lá”. Existem milhares de donos de apartamentos que nunca moraram nos imóveis. “Nunca dormiu lá”. Dormir num imóvel é prova de propriedade? “É condenado por ilações. Moro só persegue [a ele]”. Mentira alvar. O magistrado condenou políticos de outros partidos, doleiros, empresários. O inescrupuloso demagogo não se detém diante da mentira descarada. As ordens vem [sic!] de cima. De fato, o português do enfurecido aldabrão tem o mesmo nível da argumentação, vale nada. Ele tem alguma prova, ou o mais leve indício, de que Sérgio Moro recebe ordens de pessoas bem situadas? É calúnia [imputação falsa de fato definido como crime]. “Ele é pau mandado”. A objurgatória suprime a decência do magistrado, reduzido a condição infame de pau-mandado. No caso, Leonardo Boff condena arrogantemente Sérgio Moro ao pelourinho da opinião pública com base em ilações delirantes. Ele pode caluniar por ilação.

A lógica impõe, as acusações valerão para os três desembargadores que julgarão o recurso em 24 de janeiro próximo, caso decidam,com base nos autos, pela condenação de Lula.

Falei em campanha de intimidação. Outro tuíte na mesma direção, agora de Emir Sader, professor aposentado da USP (é o nível a que despencou parte da intelectualidade): “Sim, Moro, o Lula tem 9 dedos (nine,como vc gosta de falar, no seu idioma preferido). Mas tem caráter integral [quis dizer íntegro, provavelmente], ao contrário de vc, juizeco a serviço da elite corrupta do Brasil”.

Pelas redes, João Pedro Stédile, líder do MST, divulgou vídeo amedrontante. Falando no plural, citou como determinação conjunta de 88 partidos e movimentos populares irem a Porto Alegre de 22 a 24 de janeiro para deixar claro ao Poder Judiciário que “eleição sem Lula é fraude e [que] impediremos qualquer retrocesso democrático [quis dizer antidemocrático]”. O aqui soturno “impediremos” abre a porta para todo tipo de conjeturas sinistras.

São exemplos de lideranças atiçando nas bases o ódio contra o Judicário. Ou cede ou haverá consequências graves. Estamos diante de apocalíptico movimento de aterrorização do Poder Judiciário, nunca havido no País. Parece claro, seus mentores têm esperança de êxito, ainda que parcial. E também é claro, os juízes estão pensando no que poderão sofrer não apenas eles, mas os filhos, esposas, pais, parentes, amigos. Não será a primeira vez, é o que sucede ao lado, na Venezuela, aconteceu em Cuba, existe na China e na Coreia,onde governam irmãos ideológicos do PT. Roberto Veloso, presidente da AJUFE ▬Associação dos Juízes Federais do Brasil ▬-manifestou temor generalizado na classe quanto à segurança pessoal e quanto à segurança dos prédios públicos:“As ameaças estão sendo públicas, não estão sendo veladas. Temos assistidos a vídeos com ameaças públicas”.

A esperança do PT e da frente totalitária em que se integra é, repito, pela intimidação acovardar o Judiciário. Conseguirão? Da resposta a esta questão pode depender o futuro do Brasil. Acarneirado, com a maioria do povo padecendo exclusão e preconceito ou altivo e independente.

Lembro a altanaria tranquila do Judiciário,mesmo nos tempos do absolutismo real. Anos atrás escrevi artigo, “A escabrosa desapropriação da Fazenda Limeira”, do qual pinço: “No século 18, um simples moleiro, diante da pressão de Frederico da Prússia, rei absoluto e grande guerreiro, de expropriar sua propriedade para ali fazer uma extensão do jardim do palácio de ‘Sans Souci’, negou argumentando que naquela terra seu pai havia falecido e seus filhos haveriam de nascer. O monarca absoluto insistiu, afirmando que poderia lhe tomar a propriedade. O moleiro respondeu tranquilo com palavras singelas, cujos ecos todos os séculos recolhem emocionados: ‘Ainda existem juízes em Berlim’. O rei desistiu, o moinho ficou nomeio dos jardins, atestando o império da lei”. Para que a lei impere, indispensável juízes imparciais, refratários a qualquer tipo de pressão, mesmo as mais violentas.Esperemos que, passada a presente tormenta das pressões do tipo KGB ou Gestapo, possamos constatar o caminho da liberdade ainda aberto. Rezemos.


Mini período glacial previsto produz efeitos

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

A mini era glacial anunciada já produz efeitos palpáveis. Ela não pode ser objeto de exageros nem, ainda menos, de pânicos como os ativistas comuno-ecologistas montam artificiosa e deslealmente para justificar medidas de cunho ditatorial.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 15 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1384


Lei autoriza União bloquear bens sem ordem judicial

sábado, 13 de janeiro de 2018

Lei Federal publicada nessa quarta-feira possibilita ao poder executivo, por intermédio da Procuradora Geral da Fazenda Nacional, determinar o bloqueio de propriedades sem a necessária decisão judicial.


❖ SÁBADO, 13 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1383


É preciso resgatar a Embrapa

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

A Embrapa precisa ser resgatada das armadilhas do lulopetismo para, novamente, estar à altura dos desafiadores anos que estão por vir.


❖ SEXTA-FEIRA, 12 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1382


Brasil, país poupador de terras

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Devastação de matas e agricultura predatória são temas frequentes sobre preservação ambiental, num falatório mal informado, muitas vezes desonesto.


❖ TERÇA-FEIRA, 9 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1381


Perseguição do Ministério Público

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Produtor rural desiste de atividade por perseguição do Ministério Público e decidiu arrancar 450 mil pés de café plantados no sul da Bahia.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1379


Aquecimento global!!!???

domingo, 7 de janeiro de 2018

No final do século passado, muitos "profetas" anunciaram que em razão do aquecimento global causado pelo homem, as futuras gerações perderiam até a noção do que seria NEVE!!!


❖ DOMINGO, 7 DE JANEIRO DE 2018POSTAGEM:1378


Nova portaria sobre trabalho escravo é um retrocesso

domingo, 31 de dezembro de 2017

Governo Temer cede ao PT e mantém legislação socialista para perseguir os produtores rurais e urbanos.Uma vergonha!


❖ DOMINGO, 31 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1377


O Menino Jesus e o IBGE, a Nasa e a Embrapa

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

O Brasil tem autoridade para enfrentar críticas dos campeões de desmatamento mundial


❖ SEXTA-FEIRA, 29 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1376


Quatro bandidos, muitas facadas

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

E dão prova de que o desarmamento da população ordeira pressupõe uma tolice: a de que os crimes são cometidos pelas armas e não por quem tem a intenção de usá-las para o mal.


❖ TERÇA-FEIRA, 26 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1375


“Paraná na agenda indígena”, no Canal do Boi

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

“Paraná na agenda indígena”, do Canal Zebu para o mundo, tem entrevista com o produtor rural Roberto Weber


❖ TERÇA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1374


A vitória da direita no Chile

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

A vitória da direita no Chile e o giro conservador da América latina


❖ SEGUNDA-FEIRA, 18 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1373


Por que o Presidente da FUNAI não compareceu?

domingo, 17 de dezembro de 2017

Presidente da FUNAI não compareceu à audiência pública em Brasília, que tratou sobre os problemas das invasões no Paraná e Mato Grosso do Sul


❖ DOMINGO, 17 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1372


“Não” à demarcação de terras indígenas!

domingo, 10 de dezembro de 2017

Milhares de pessoas protestam contra demarcação indígena no Oeste do Paraná


❖ DOMINGO, 10 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1371


Os desafios do agronegócio

domingo, 10 de dezembro de 2017

Num mundo coberto por um “dilúvio” de informação para a agricultura, como o descreveu o pesquisador da Embrapa Evaristo Eduardo de Miranda, “o grande desafio é captar dados importantes e produzir tecnologia com resultado”.


❖ DOMINGO, 10 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1370


AGU defende portaria do trabalho escravo no STF

domingo, 10 de dezembro de 2017

Conferiu maior clareza, objetividade e segurança jurídica ao processo de inclusão de empregadores na lista suja do trabalho escravo, isto é, no cadastro de empregadores que tenham submetido trabalhadores a condições análogas à de escravo.


❖ DOMINGO, 10 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1369


Guaíra em pé de guerra 2

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Moradores da fronteira fazem manifestação contra invasão indígena


❖ QUINTA-FEIRA, 7 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1368


Guaíra em pé de guerra

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

A população guairense conseguiu fazer o que pretendia; manifestar de forma pacífica e levar seu recado ao Governo Federal, Ministério Público, Justiça Federal e FUNAI, dizendo “não” à demarcação.


❖ QUINTA-FEIRA, 7 DE DEZEMBRO DE 2017POSTAGEM:1367


A proliferação dos ursos polares

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Problema dos ursos polares ‘em extinção’: estão gordos e numerosos demais


❖ SEGUNDA-FEIRA, 27 DE NOVEMBRO DE 2017POSTAGEM:1366


Missionários católicos no Tibet?

sábado, 18 de novembro de 2017

Muito jovem a vocação lhe indicava o apostolado com os gentios. Formou-se em direito, doutor em Filosofia e em seguida ordenou-se pelo IVE - Instituto Verbo Encarnado em 2012,


❖ SÁBADO, 18 DE NOVEMBRO DE 2017POSTAGEM:1365


Vegetação consome quase 20 vezes o CO2

domingo, 12 de novembro de 2017

As plantas retiram dióxido de carbono (CO2) da atmosfera para a fotossíntese em proporções que desanimam a demagogia catastrofista.


❖ DOMINGO, 12 DE NOVEMBRO DE 2017POSTAGEM:1364


Uma vitória do preconceito

domingo, 29 de outubro de 2017

A decisão liminar da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), de suspender a Portaria 1.129/2017 do Ministério do Trabalho sobre o trabalho escravo é uma comprovação de como o preconceito pode às vezes prevalecer sobre a realidade.


❖ DOMINGO, 29 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1363


O fim da ideologia no combate ao trabalho escravo

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Muita vezes, a mera vontade do fiscal de punir o empregador era critério suficiente para o enquadramento de trabalhadores nas classificações de trabalho degradante ou análogo a escravo.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1362


Furacões passam, mas a fábrica de pânicos verdes fica

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Se for a julgar pelos furacões, o mundo que está vindo será igual àquele em que vivemos desde que o homem existe: nos próximos verões teremos furacões semelhantes aos dos anos passados.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 16 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1361


A solução está em Aparecida e não em Brasília

terça-feira, 10 de outubro de 2017

E no momento que tanto se discute sobre o que acontece em Brasília, nós esquecemos o verdadeiro polo. E o verdadeiro polo é Aparecida.


❖ TERÇA-FEIRA, 10 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1360


Bioma e a religião católica

sábado, 7 de outubro de 2017

Campanha da Fraternidade de 2017 abordou mais uma vez a questão ambiental, como já fez em edições anteriores. O tema foi “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida”.


❖ SÁBADO, 7 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1359


Falta de água doce

sábado, 7 de outubro de 2017

“Verdes”, mas também alumbrados das esquerdas e Campanhas da Fraternidade, entre outros, ficavam martelando que a água doce escasseia, é rara e cara. E jogavam a culpa na civilização moderna, que a usaria inescrupulosamente.


❖ SÁBADO, 7 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1358


“A Agricultura destrói o Meio Ambiente?”

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

“A Agricultura destrói o Meio Ambiente?”: Evaristo de Miranda refutará mitos no IPCO. Entrada livre


❖ SEGUNDA-FEIRA, 2 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1357


O PT é uma seita, segundo Palocci

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Palocci, ex-ministro diz que chegou a hora da verdade; referindo-se a Lula, ele desafiou: "até quando vamos fingir acreditar na autoproclamação do homem mais honesto do País.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 2 DE OUTUBRO DE 2017POSTAGEM:1356


Hostilizada pelo ambientalismo

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Não há, no Brasil, nenhuma categoria profissional que preserve tanto o meio ambiente como os agricultores.


❖ SEGUNDA-FEIRA, 25 DE SETEMBRO DE 2017POSTAGEM:1355